Resumo: Esse artigo trata da dor literal que sentem milhares de pessoas e que não conseguem ser diagnosticadas por especialistas por que sua origem está na “alma”. Como numa batalha, o pior inimigo é aquele que não consegue ser visto ou aquele que detêm todas as informações privilegiadas sobre você: você mesmo; trata também de que forma este inimigo se instala, manipula e destrói tudo de criativo, pulsante, essencial e vigoroso para a vida. Seu principal inimigo pode ser você mesmo.

Resumo: Este artigo corresponde a um capítulo de um trabalho interdisciplinar composto por outros 5 capítulos que retratam a dependência química da cocaína tendo em vista diversas temáticas como representações sociais e construção da identidade do usuário; danos físicos, cognitivos e psicossociais; Psicanálise, adicção e toxicomania entre outros tópicos.

Palavras-chave: dependência química, psicanálise, cognição, toxicomania.

Resumo: Este estudo é uma tentativa de conhecermos sobre os laços fraternos na adoção, tendo como objetivos descrever as suas características dentro da teoria psicanalítica, analisar os laços afetivos através da adoção. O estudo foi realizado a partir da busca de artigos nos bancos de dados Scielo Brasil, Google Acadêmico, Pepsic, utilizando-se os seguintes descritores: adoção e afetividade, adoção e laços afetivos, adoção e irmãos, fratria, laços fraternos. Também foi realizado busca de textos referentes à adoção nos livros disponíveis nas bibliotecas do Tribunal de Justiça de Pernambuco, Faculdade de Ciências Humanas  Esuda,  Faculdade apenas nove artigos ao termo jurídico e psicológico de filiação. Foram localizados apenas nove artigos eletrônicos e uma dissertação sobre o tema pesquisado, entre eles 7 tomaram como base a teoria psicanalítica. Também entre os livros consultados foi possível selecionar três que mais se aproximavam da questão estudada. Assim, foi possível constatar que ainda são escassas as pesquisas referentes a essa temática, embora a relação entre irmãos é de grande importância para a construção da personalidade do indivíduo. Por isso o estudo deve servir como base de conhecimento servindo para os alunos e profissionais de psicologia dentre outras áreas.

Palavra-chave: Adoção, laços afetivos, parentesco, psicanálise.

Resumo: Esse artigo aborda sobre heranças psíquicas, legados familiares, transmitidos ao longo do tempo de uma geração a outra, de natureza comportamental, religiosa, cultural e moral. Traz uma reflexão de como essa herança pode contribuir para perpetuação da pobreza, aprisionando gerações atuais e futuras no estrato social de seus ancestrais. Torna-se importante por projetar a vida de crianças em suas famílias, e no meio social e sugerir ferramentas para a quebra dessa maldição.

Resumo: O presente artigo consiste em uma revisão bibliográfica referente à internalização da lei para o sujeito dentro das novas configurações familiares. Para esta compreensão foram abordados os aspectos referentes ao Complexo de Édipo e a Lei da Castração, tendo em vista que para a teoria psicanalítica, é neste momento que ocorre a primeira interdição de Lei para a criança, inserindo-a na cultura. Foram apresentados conceitos chaves e ideias de Freud e Lacan, entre outros autores, em relação à temática edipiana e as relações familiares a fim de confrontar construções do passado com o contexto atual, trazendo a importância das funções parentais na internalização dos limites para o sujeito. Concluiu-se, com este estudo, que a internalização dos limites não depende da estrutura familiar em si, mas sim de como se dá a relação e os papéis dentro desta organização.

Palavras-chave: Complexo de Édipo, Psicanálise, Família

Resumo: O uso do homem pelo homem não é algo novo na história da humanidade, de modo que este, em sua busca pela sutura do desamparo estrutural recorre a diversos modos de livrar-se do sofrimento. No presente trabalho busca-se uma reflexão acerca dos mecanismos sociais que objetiva o sujeito, transformando-o em uma ferramenta a serviço do Outro e em prol do gozo perverso no modelo capitalista contemporâneo. Caberá aqui explicitar as instancias do organismo social cujos traços da perversão capturam o sujeito e aliena-o, fragilizando a construção dos laços sociais. Utilizando a teoria psicanalítica como norteador teórico, o presente trabalho tratará brevemente sobre o conceito da perversão e da constituição do sujeito na sociedade contemporânea permeada por traços perversos.

Palavras-chave: Perversão, Contemporaneidade, Social, Psicanálise, Sujeito.

Resumo: O artigo discute que a adolescência é um período da estruturação de um indivíduo marcado por processos psíquicos e corporais de origens multifatoriais. Tem-se como objetivo mostrar e desenvolver a partir de uma revisão de literatura com foco psicanalítico a temática escolhida. Trazendo como aspecto principal as possíveis dificuldades, mudanças e consequências deste processo de adolescência e gravidez precoce na relação díade mãe-bebê no UTI Neonatal, além das influências das primeiras vivências dessas “mães prematuras” com seus pais e descendentes. Opostamente do que se pode pensar, em primeira instância, tal fenômeno não tem relação com a situação econômico-cultural, já que, mostra-se em diferentes classes sociais, não se restringindo aos países de terceiro mundo.

Palavras-chave: Gravidez na Adolescência, UTI Neonatal, Relação Mãe-bebê, Teoria Psicanalítica.

Resumo: O Complexo de Édipo é um período de grandes mudanças para as crianças e ao mesmo tempo para os pais. O pai durante o complexo de Édipo, é de suma importância para a passagem saudável da criança por essa fase. Do mesmo modo que o comportamento da mãe em relação à criança também é de suma importância. Este é o momento em que o menino precisa afastar-se de sua mãe e a mãe afastar-se de seu filho, e a função do pai é fundamental para este afastamento acontecer; o menino envolvido entre o amor pelo falo e o amor pela mãe em certo momento precisara optar entre ficar com a mãe, seu primeiro objeto de amor, ou com o falo, percebendo que seu inimigo, o pai, é maior que ele, observa que a briga é desigual e teme a castração. Desta forma, este artigo tem o objetivo de analisar como uma fase incompreensível para os pais pode ser passada pela criança de modo saudável. A pesquisa foi realizada por meio da entrevista psicanalítica, com dois casais que têm seu primeiro filho, o qual é do sexo masculino. O método utilizado para a interpretação dos dados foi o psicanalítico, no qual o objeto de pesquisa e o pesquisador são formados no ato da pesquisa, e não se considera hipóteses prévias ou etapas predefinidas. Com esta pesquisa  pode-se perceber que o Complexo de Édipo é um período complicado para o pai em especial, e que a forma como esse passou pelo seu Complexo de Édipo quando criança influencia muito na forma como agora percebe o comportamento do seu filho. Nesta perspectiva, torna-se importante o estudo sobre a sexualidade infantil e o conhecimento do comportamento hostil do menino durante o Complexo de Édipo.

Palavras-chave: Complexo de Édipo, Sexualidade Infantil, Complexo de Castração.