(Tempo de leitura: 6 - 12 minutos)

Resumo: Partindo do pressuposto de que o sistema capitalista e suas semióticas começam a ditar os aspectos da realidade no decorrer da história, reforçando ainda mais o senso de individualidade e ditando comportamentos em nome da produção de capital, buscamos através do presente trabalho, explorar as diversas formas de devir arte na rua, e como tais expressões podem ser potentes, quebrando o cotidiano, comportamentos pré-moldados, promovendo interação entre os sujeitos e trazendo afetações que promovem linhas de fuga perante a ordem do capital. Através da abordagem esquizoanalitica e seus conceitos, procurou-se problematizar e fundamentar tais concepções que foram vivenciadas através da observação dos modos de arte presentes nas ruas, entrevistas realizadas com artistas e uma intervenção artística, além das afetações trazidas por tais experiências e que são essenciais no exercício da cartografia.

Palavras-chave: Arte, Subjetividade, Singularização, Esquizoanálise.

(Tempo de leitura: 6 - 11 minutos)

Resumo: O presente artigo tem o intuito de mostrar como a sociedade moderna vem enfrentando problemas por conta de diversos conflitos que podem vir ou não acompanhados de depressões, transtornos derivados de alterações de humor devido muitas vezes a altas jornadas de trabalho e a constantes descontentamentos com a vida conjugal. Será apresentada a relevância do casamento e a importância que ele desempenha para os indivíduos que optaram em casar-se e as conseqüências da falta de sexualidade entre um casal e a importância da família para a construção do caráter dos filhos, como tratar os parceiros desajustados e como a terapia familiar pode ajudar os casais que se encontram com problemas, tais como pensamentos de separação, seja por motivos de infidelidade, falta de confiança, carências emocionais, falta de perdão, ausência de comunicação, incompatibilidade, desentendimentos e diversos conflitos familiares que fazem com que os casais busquem refugiar-se fora do lar ou ficarem indiferentes um com o outro.

Palavras-chave: Casais, Comunicação, Conflitos familiares.

(Tempo de leitura: 21 - 41 minutos)

Resumo: O presente estudo tem como objeto a Síndrome de Dow, tendo como recorte os impactos psicológicos maternos ao gerar um bebê com Síndrome de Down, ponderando todos os fatores envolvidos, que vai desde a maternidade e a subjetividade feminina; a importância da maternagem para o desenvolvimento do bebê, o desconhecimento da síndrome, frustração e medo do desconhecido, a importância do psicólogo nesse processo e como essas mulheres se ressignificam. Para o desenvolvimento da pesquisa foi utilizado uma revisão bibliográfica que permitiu a observação da subjetividade e a forma de enfrentamento que cada mãe tem ao receber a notícia. Percebe-se que a maior dificuldade encontrada pelas mães foi à aceitação da deficiência do bebê e a culpa.

Palavra-chave: Maternidade, Síndrome de Down, Impacto psicológico.

(Tempo de leitura: 11 - 21 minutos)

Resumo: Esse artigo trata da dor literal que sentem milhares de pessoas e que não conseguem ser diagnosticadas por especialistas por que sua origem está na “alma”. Como numa batalha, o pior inimigo é aquele que não consegue ser visto ou aquele que detêm todas as informações privilegiadas sobre você: você mesmo; trata também de que forma este inimigo se instala, manipula e destrói tudo de criativo, pulsante, essencial e vigoroso para a vida. Seu principal inimigo pode ser você mesmo.

(Tempo de leitura: 3 - 5 minutos)

Resumo: Este artigo corresponde a um capítulo de um trabalho interdisciplinar composto por outros 5 capítulos que retratam a dependência química da cocaína tendo em vista diversas temáticas como representações sociais e construção da identidade do usuário; danos físicos, cognitivos e psicossociais; Psicanálise, adicção e toxicomania entre outros tópicos.

Palavras-chave: dependência química, psicanálise, cognição, toxicomania.

(Tempo de leitura: 19 - 38 minutos)

Resumo: Este estudo é uma tentativa de conhecermos sobre os laços fraternos na adoção, tendo como objetivos descrever as suas características dentro da teoria psicanalítica, analisar os laços afetivos através da adoção. O estudo foi realizado a partir da busca de artigos nos bancos de dados Scielo Brasil, Google Acadêmico, Pepsic, utilizando-se os seguintes descritores: adoção e afetividade, adoção e laços afetivos, adoção e irmãos, fratria, laços fraternos. Também foi realizado busca de textos referentes à adoção nos livros disponíveis nas bibliotecas do Tribunal de Justiça de Pernambuco, Faculdade de Ciências Humanas  Esuda,  Faculdade apenas nove artigos ao termo jurídico e psicológico de filiação. Foram localizados apenas nove artigos eletrônicos e uma dissertação sobre o tema pesquisado, entre eles 7 tomaram como base a teoria psicanalítica. Também entre os livros consultados foi possível selecionar três que mais se aproximavam da questão estudada. Assim, foi possível constatar que ainda são escassas as pesquisas referentes a essa temática, embora a relação entre irmãos é de grande importância para a construção da personalidade do indivíduo. Por isso o estudo deve servir como base de conhecimento servindo para os alunos e profissionais de psicologia dentre outras áreas.

Palavra-chave: Adoção, laços afetivos, parentesco, psicanálise.

(Tempo de leitura: 20 - 39 minutos)

Resumo: Esse artigo aborda sobre heranças psíquicas, legados familiares, transmitidos ao longo do tempo de uma geração a outra, de natureza comportamental, religiosa, cultural e moral. Traz uma reflexão de como essa herança pode contribuir para perpetuação da pobreza, aprisionando gerações atuais e futuras no estrato social de seus ancestrais. Torna-se importante por projetar a vida de crianças em suas famílias, e no meio social e sugerir ferramentas para a quebra dessa maldição.

(Tempo de leitura: 22 - 43 minutos)

Resumo: O presente artigo consiste em uma revisão bibliográfica referente à internalização da lei para o sujeito dentro das novas configurações familiares. Para esta compreensão foram abordados os aspectos referentes ao Complexo de Édipo e a Lei da Castração, tendo em vista que para a teoria psicanalítica, é neste momento que ocorre a primeira interdição de Lei para a criança, inserindo-a na cultura. Foram apresentados conceitos chaves e ideias de Freud e Lacan, entre outros autores, em relação à temática edipiana e as relações familiares a fim de confrontar construções do passado com o contexto atual, trazendo a importância das funções parentais na internalização dos limites para o sujeito. Concluiu-se, com este estudo, que a internalização dos limites não depende da estrutura familiar em si, mas sim de como se dá a relação e os papéis dentro desta organização.

Palavras-chave: Complexo de Édipo, Psicanálise, Família

Curso online de

Psicologia Clínica

 Psicologia Clínica

Aprofunde seus conhecimentos e melhore seu currículo

Carga horária:  80 Horas

Recém Revisados

Mitologia e Psicologia Analítica: Um Estudo de Caso
(Tempo de leitura: 14 - 28 minutos)
Teoria Psicossocial do Desenvolvimento em Erik Erikson
(Tempo de leitura: 3 - 6 minutos)
Introdução à Psicologia
(Tempo de leitura: 5 - 10 minutos)
O Que é Psicologia Clínica?
(Tempo de leitura: 5 - 9 minutos)
Relato de Experiência de Intervenção Grupal
(Tempo de leitura: 11 - 21 minutos)