(Tempo de leitura: 12 - 23 minutos)

Resumo: A “loucura”, termo clássico, pode ser apreendida por diferentes olhares, tempos, espaços e perspectivas. A loucura é o avesso da razão, ela faz frente a toda e qualquer ideia de sistematização que busque representar os fatos experienciais, assim, um trabalho que se proponha ético, um norte seria os efeitos de nossas ações e a não sustentação de ideais. Jurandir Freire Costa em “As éticas da psiquiatria”articula a noção de que no hospital psiquiátrico, a ética utilizada é a da tutela, pautada no modelo da ética instrumental; a ética da interlocução pautada no modelo da ética da moral privada, onde a referência ao que foi instituído é desfeita em prol de uma capacidade criativa permanente; a ética da ação social é pautada no modelo da ética pública, que define sujeito e agente terapêutico, acima de tudo, como iguais. A psicanálise, como um saber que pode contribuir para o campo da saúde mental, traz em seu bojo uma ética que leva em consideração a transferência como mecanismo básico para o desenrolar do processo de trabalho. As situações que se apresentam são singulares porque, sendo ou não previsíveis, lançam todos e cada um ao trabalho de dar um novo sentido, modificar ou simplesmente suportar seus efeitos.

Palavras-chave: Ética, equipe, saúde mental, psicanálise.

(Tempo de leitura: 9 - 17 minutos)

Resumo: este artigo trata dos mecanismos de defesa do ego e como estes podem se tornar bloqueadores do processo ensino-aprendizagem. Em um processo de defesa da personalidade do ego, a psique humana desenvolve uma série de mecanismos internos capazes de manter a integração da personalidade. Existem processos de defesas que são bem sucedidos, outros não. Quando as defesas impedem o bom desenvolvimento do self dizemos que são patogênicas, nas quais se estabelecem as neuroses. Esses processos patogênicos podem ocorrer em crianças de qualquer classe social, porém, em meio a uma pobreza ambiental econômica generalizada as suas manifestações são mais agudas, podendo até mesmo determinar a fixação eterna da criança no seu estrato social.

Palavras-chave: Mecanismos, Psíquicos, Aprendizagem.

(Tempo de leitura: 12 - 23 minutos)

Resumo: Este trabalho tem por objetivo explanar a respeito dos sintomas da Histeria, tomando por referência a Psicanálise e a Literatura, o romantismo e o naturalismo. Um paralelo e também uma comparação dos sintomas apresentados pelas personagens, muitas escritas antes da Psicanálise, com a teoria psicanalítica. A psicanálise teve início a partir da clínica da histeria. Foi a partir da escuta das histéricas que Freud pôde reconhecer a existência de um psiquismo com suas determinações inconscientes, assim como a existência de um corpo erógeno, através do qual a vida pulsional se manifesta.

Palavras-chave: Histeria, Psicanálise, Literatura, Romance, Sintoma.

(Tempo de leitura: 9 - 18 minutos)

Resumo: A quantidade de acidentes graves de trabalho que ocorrem com frequência no Brasil e no mundo, vitimizam inúmeros trabalhadores com a perda da capacidade de exercer suas atividades profissionais pelas mais variadas causas, entre elas a mutilação de membros do corpo; o que pode representar um golpe contra a autoestima do indivíduo, este trabalho propõe através de uma revisão bibliográfica, descrever e avaliar os possíveis efeitos psíquicos causados por um evento estressor, como por exemplo: acidente de trabalho ou trauma ocorrido no ambiente laboral e quais as consequências afetivas e emocionais da aposentadoria por invalidez, estabelecer a possível correlação e vínculo existente entre a aposentadoria por invalidez e o surgimento das patologias psíquicas no âmbito de um contexto laboral sob a perspectiva psicanalítica, fazer uma análise psicodinâmica da condição do individuo aposentado. Apresentar os principais conceitos e dados estatísticos referentes a aposentadoria por invalidez na contemporaneidade, estudar a relação entre as fantasias e os conflitos gerados pela aposentadoria por invalidez, diante de um evento traumático ou acidente de trabalho e descrever  a atuação do Psicólogo, na reabilitação e acompanhamento  psicológico como forma de enfrentamento dos eventuais traumas psíquicos desencadeados em virtude do acidente laboral sofrido.

Palavras-chave: Acidente de Trabalho, Aposentadoria por invalidez, Psicodinâmica do Trabalho, Saúde Mental, Trauma Psíquico Laboral.

(Tempo de leitura: 23 - 46 minutos)

Resumo: O presente trabalho aborda a construção do homoerótico na contemporaneidade à luz da psicanálise. O homoerotismo, no presente contexto, se refere a uma tendência a se estabelecer relações afetivo-sexuais preponderantemente com pessoas do mesmo sexo. Portanto, essa pesquisa teve como objetivo principal analisar a construção do homoerótico na contemporaneidade à luz da psicanálise. O estudo torna-se relevante por apontar como a clínica psicanalítica interroga na atualidade a construção do homoerótico, como também por explicar como a psicanálise pode escutar e acolher o sofrimento psíquico do indivíduo, em decorrência de sua sexualidade. O debate acerca do homoerótico continua nos tempos atuais, todavia, os sujeitos tendem a lidar com uma sexualidade mais aparente nos contextos sociais, colocando, assim, a temática como uma área que precisa ser rediscutida a fim de ampliar visões e quebrar paradigmas. Nesse sentido, espera-se que esse estudo possa promover discussões atuais e dialogar sobre as novas posturas referentes ao homoerotismo, bem como contribuir para que o indivíduo consiga lidar com sua sexualidade de modo mais aberto. Sendo assim, esse trabalho visa auxiliar a ciência psicológica a desconstruir conceitos e construir novas ideias acerca da temática.

Palavras-chave: Homoerótico, Psicanálise, Contemporaneidade.

(Tempo de leitura: 11 - 22 minutos)

Resumo: A intervenção precoce enquanto estratégia de prevenção de doenças psíquicas de crianças pequenas e também de suas mães, tem ganhado dimensão recentemente, a partir de inúmeros estudos internacionais e nacionais, visando prevenir doenças provocadas por problemas na relação da mãe com seu bebê. Desde os estudos realizados na segunda guerra mundial e o relatório de John Bowlby para a OMS, já notamos os efeitos danosos da ausência de cuidados à criança e suas repercussões. Com Lacan em sua formulação do estádio do espelho, notamos a significância que ganha o Outro no processo de estruturação do sujeito. É a mãe que inicialmente irá dar sentido ao choro, grito da criança, processo necessário para a instauração do circuito pulsional, como diz Laznik-Penot. No entanto nessa relação pode haver perturbações de diversas ordens, na mãe, estruturais ou episódicas e que irão interferir no processo de constituição subjetiva do bebê. Para que se instale no bebê a mãe precisará sustentar certas funções, o que para Kupfer consiste em estabelecer a demanda da criança, supor um sujeito, alternar presença-ausência, instalação da função paterna. Acompanhei durante seis encontros um bebê de três meses, e sua mãe, uma jovem de dezenove anos, intervindo também na relação mãe/bebê, intervenção precoce na perspectiva da psicanálise e da saúde mental.

Palavras-chaves: Intervenção precoce, mãe, bebê.

(Tempo de leitura: 6 - 11 minutos)

Resumo: Através de uma pesquisa bibliográfica pretende-se neste artigo traçar uma articulação sobre a velhice. Na cultura contemporânea, sabe-se que várias áreas de estudo, dentre elas, a psicologia, a antropologia, dentre outras, abriram um leque de possibilidades para os traçados de pesquisa para o percurso dos estudos sobre a velhice. A psicanálise se inclui como borda nesta escrita para pensar a velhice para além de um processo biológico, incluindo o valor simbólico dos diversos sintomas que aparecem nesta etapa da vida. A subjetividade fora pensada por Freud no momento em que este rompeu com a objetividade médica. Assim, entre a valorização do belo e a cultura a estética, é possível pensar na interrogação do velho diante do espelho, o que reflete nesta imagem seria o ideal conservado da lembrança? Além de Freud, autores como, Goldfarb, Elzirik, Barros, contribuem para as reflexões estabelecidas neste artigo. Afirma-se que uma intervenção psicanalítica com velhos é ressignificada pelo inventário de suas memórias, pois o sujeito se constitui na relação com a alteridade.

Palavras-chave: Cultura contemporânea. Psicanálise. Velhice.

(Tempo de leitura: 5 - 9 minutos)

Resumo: A neurose obsessiva situa-se no campo de estudo da psicanálise de Sigmund Freud, podendo ser entendida a partir de uma experiência traumática que acomete a estrutura do sujeito. O presente artigo tem a finalidade de fomentar discussões sobre a utilização das terminologias usadas pelo DSM-IV, fazendo uma inter-relação com a psicanálise. Assim como apresentar algumas ideias psicanalíticas sobre a neurose obsessiva e introduzir o aspecto obsessivo no caso “homem dos ratos”. Nesse sentido, o estudo se torna relevante para apontar novas vertentes sobre a temática, bem como possibilitar diálogos com a psicanálise e a psicologia.

 Palavras-chave: Neurose Obsessiva, Sigmund Freud, Psicanálise.

Curso online de

Psicoterapia

 Psicoterapia

Aprofunde seus conhecimentos e melhore seu currículo

Carga horária:  60 Horas

Recém Revisados

Mitologia e Psicologia Analítica: Um Estudo de Caso
(Tempo de leitura: 14 - 28 minutos)
Teoria Psicossocial do Desenvolvimento em Erik Erikson
(Tempo de leitura: 3 - 6 minutos)
Introdução à Psicologia
(Tempo de leitura: 5 - 10 minutos)
O Que é Psicologia Clínica?
(Tempo de leitura: 5 - 9 minutos)
Relato de Experiência de Intervenção Grupal
(Tempo de leitura: 11 - 21 minutos)