Uma Análise Sobre Depressão, Melancolia e Suicídio

Uma Análise Sobre Depressão, Melancolia e Suicídio
5           Avaliação 5.00 (3 Avaliações)
(Tempo de leitura: 14 - 27 minutos)

Resumo: A depressão vem crescendo gradativamente, e o suicídio é umas de suas consequências. O transtorno depressivo é um problema de saúde pública, podendo afetar indivíduos de diferentes faixas etária. A Depressão grave é o estágio mais extremo, sendo a principal influenciadora nos comportamentos suicidas ou idealização suicida. Uma série de fatores podem desencadear o risco suicida como, por exemplo, a doença mental. As discussões sobre esse tema vem agnhando cada vez mais força, tendo um mês exclusivamente para discutir a respeito. Este trabalho tem como objetivo fazer uma análise sobre a depressão, melancolia e suicídio numa perspectiva psicanalítica. A partir das leituras, pude perceber que esses temas são poucos discutidos em um único contexto. Visando isto procuro identificar e comentar o comportamento depressivo e melancólico no filme “As Horas”.

Palavras-chave: Depressão, Melancolia, Psicanálise, Suicídio.

 

Sobre a Autora:

Maria Cecília de Freitas Soares - Graduada em Psicologia, 2018, pela UNIVIÇOSA, MG, Brasil.

Referências:

AS HORAS. Direção: Stephen Daldry. Produção: Scott Rudin, Robert Fox. Intérpretes: Meryl Streep, Nicole Kidman, Julianne Moore e outros. Roteiro: David Hare. Música: Phillip Glass. Los Angeles. Paramount Pictures, Miramax Films. 114 min. 2002. color. 

AMERICAN PSYCHIATRIC ASSOCIATION. Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorders: DSM-IV-TR. Washington: APA. 2002. 

AMERICAN PSYCHIATRIC ASSOCIATION. Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorders, Fifth Edition (DSM-V). Arlington, VA: APA, 2013.

BRUNHARI, M. V.; DARRIBA, V. A.. O suicídio como questão: melancolia e passagem ao ato. Psicol. clín., Rio de Janeiro, v. 26, n. 1, p. 197-213, jun. 2014. 

BYNUM, W. História da medicina. Porto Alegre: LP&M, 2011.

Cantor do Link Park, Chester Bennington se enforcou de forma parecida com o suicídio de Cornell. (21 de julho, 2017) Disponível em <https://oglobo.globo.com/cultura/cantor-do-linkin-park-chester-bennington-se-enforcou-de-forma-parecida-com-suicidio-de-cornell-21614868 > Acesso em : 19 de junho .2018.

FREUD, S. (1907). Atos Obsessivos e Práticas Religiosas. In_________.  Edição Standard Brasileira das Obras Completas de Sigmund Freud. v. 9, p. 107-117. Rio de Janeiro: Imago. 1996 

FREUD, S. (1910) Breves escritos: Contribuições para uma discussão acerca do suicídio. In:________. Edição Standard Brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud. Rio de Janeiro: Imago, 1969, v. 11.

FREUD, S. Luto e Melancolia (1917 [1915]). In:______. A história do Movimento Psicanalítico, Artigos sobre a Metapsicologia e outros trabalhos (1914- 1916). Edição Standard Brasileira das Obras Psicológicas Completas de Sigmund Freud. Vol. XIV, Rio de Janeiro: Imago, 1996. p. 245-263.

FREUD, S. O Ego e o Id (1923). In:______. O Ego e o ID e outros trabalhos (1923-1925). Edição Standard Brasileira das Obras Psicológicas Completas de Sigmund Freud. Vol. XIX, Rio de Janeiro: Imago, 1996. p. 33-40. 

FREUD, S. (1924) A perda da realidade na neurose e na psicose. In: ________. Obras psicológicas completas de Sigmund Freud. Edição Standard Brasileira, v. 19. Rio de Janeiro: Imago, 1969. p. 227-234. 

FREUD, S. (1924) Neurose e psicose. In: _______. Obras psicológicas completas de Sigmund Freud. Edição Standard Brasileira, v. 19. Rio de Janeiro: Imago, 1969. p. 208-211

FREUD, S. (1926). Inibições, Sintomas e Ansiedade. In: _________. Edição Standard Brasileira das Obras Completas de Sigmund Freud, v. 20, p. 81-170. Rio de Janeiro: Imago. 1996. 

Gente- IG São Paulo.( 03 de março , 2018 ; Famosos que se  suicidaram  . Disponivel em < http://gente.ig.com.br/celebridades/2018-03-03/famosos-que-se-suicidaram.html> Acesso em :19 de junho. 2018

GONÇALVES C. A. V.; MACHADO A. L. Depressão o mal do século: De que século? R Enferm UERJ, Rio de Janeiro, v. 15, n. 2, p. 298-304, abr-jun. 2007.

KAUFMANN, P. Dicionário Enciclopédico de Psicanálise. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed. 1996

LACAN, J. (1962-1963). O Seminário, livro 10: a angústia. Rio de Janeiro: Zahar, 2005.

MILLER, J.-A. “Jacques Lacan: observações sobre o seu conceito de passagem ao ato”, Opção Lacaniana on-line, ano 5, n.13, mar. 2014. Disponível em:  < http://www.opcaolacaniana.com.br/nranterior/numero13/index.html >Acesso em 07 de Nov/2018.

MOREIRA, A. D. L. C.; GARCIA, M. C.; CAVAZZA, B. I. S. Depressão-algumas considerações. Psicologia: Saúde Mental & Segurança Pública, v. 1, n. 1, p. 37-46, 2017.

ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE. Depression and Other Common Mental Disorders: Global Health Estimates. Genebra. 2017. 24 p.

OLIVEIRA, E. N. Prevalência de sintomas depressivos em estudantes de Medicina da Universidade Federal da Bahia. (Trabalho de Conclusão de Curso de Medicina). Salvador: UFBA, 2013.

Informar um Erro Publique Seu Artigo