Resumo: Este artigo nos mostra teoricamente que a atuação da psicologia está voltada para a área da educação e se destina à realização de pesquisas diagnósticas e intervenções psicopedagógicas em grupo ou individuais, levando em consideração programas de aprendizagem e diferenças individuais. Percebe- se, no entanto, que na história da educação, há uma clara tendência de mercantilização progressiva do ensino, destacando-se o ensino médio e superior, bem como a monopolização do ensino superior pela iniciativa privada. Já é possível ver a atuação do psicólogo nas escolas privadas, onde a demanda é grande, mas que infelizmente não se tem tantos  profissionais  especializados nessa área. O objetivo geral dessa pesquisa foi analisar as expectativas e opiniões de gestores, professores e demais funcionários acerca da inserção e papel da psicologia na escola, possibilitando entender quais as demandas para o trabalho do psicólogo escolar e como elas podem ser atendidas. O objetivo específico é de averiguar o papel do psicólogo na rede pública de ensino de Olinda – PE verificar quais são as dificuldades enfrentadas no dia a dia das escolas e como pode contribuir a psicologia diante de tais dificuldades.

Palavras-chave: psicologia, entrevista, educação.

Resumo: Este artigo tem como finalidade descrever, através de um conto, o desenvolvimento de uma menina de nove anos, diagnosticada com autismo, estudante do primeiro ano de uma escola regular municipal, no Rio Grande do Sul. Conto: Era uma vez uma pequena lagarta que, diagnosticada com autismo, foi estudar em uma escola de fadas e borboletas especiais. Neste local, descobriu várias coisas, como um bosque encantado, nuvens fofinhas, um banheiro mágico. Aprendeu músicas novas, fez amizades, passou por dificuldades, chorou, sorriu, brincou. Sentiu a insegurança da borboleta-mãe, brigou, aprendeu a fazer o gesto de coração com as mãos, até cócegas ela fazia. Chorava na hora de voltar para casa, sentiu saudades e aprendeu a falar sua primeira palavra. Uma história real, transformada em conto e escrita em forma de artigo retrata a aventura vivida por uma linda menina, que aqui será chamada de lagartinha Rebecca, que aos poucos foi se transformando em borboleta e descobriu o mundo no qual está inserida.

Palavras-chave: Autismo, Transformação, Psicologia Escolar.

Resumo: Este artigo tem como objetivo mostrar, através de um apanhado teórico, a importância da ludicidade dentro das instituições de ensino infantil. As palavras jogos e atividades lúdicas serão usadas como sinônimos de brincadeira. O homem é um ser essencialmente criativo durante toda sua vida. A criatividade é interligada às atividades que julga prazerosas, dentro destas ocorrem o processo de aprendizagem. Através da área criativa, observa-se que existem inúmeras formas de aprender e isso pode ser útil dentro dos processos didáticos escolares, tornando o que antes era uma obrigação, em algo prazeroso.  

Palavras-chave: Educação Infantil, Lúdico, Escola.

Resumo: Este presente artigo visa contribuir e analisar um novo instrumento de avaliação no âmbito psicopedagógico onde sua base é desenvolvida a partir da teoria cognitiva comportamental, e seu principal objetivo é permitir novas compreensões e práticas mediante o processo de aprendizagem. O método é uma descoberta recente, porém, já viaja mundo a fora, e é apresentado como um novo instrumento de avaliação psicológica, podendo ter a possibilidade de adapta-lo para uso psicopedagógico, pois regulamenta as emoções do sujeito, bem como a sua intensidade. Essa terapia visa ainda contribuir para o bem estar emocional, qualidade de vida, empatia, situações de estresse e ansiedade, e ainda a conversação, desobediência e ajuda a convivência social. Usando o símbolo de reciclagem, para absorver a ideia de reciclar seus pensamentos e emoções.

Palavras-chave: avaliação, método, instrumento, emoções. 

Resumo: Este trabalho tem por objetivo discorrer sobre a Educação Profissional no contexto da Educação à Distância, buscando analisar o olhar dos alunos sobre o curso Programa Profuncionário ofertado pelo IFBA no município de Seabra, BA. Desta maneira, este estudo se justifica tendo por intuito entender como os alunos estão visualizando até o presente momento o Curso Técnico de Formação para os Funcionários da Educação no que se refere às quatro habilitações previstas: Secretariado Escolar, Multimeios Didáticos, Alimentação Escolar e Infraestrutura Escolar. Assim, foram usados como subsídio os estudos dos materiais didáticos do próprio Profuncionário e algumas leituras de teóricos, como: Lévy (1993), Santaella, (2002), Nogueira (2009), dentre outros. Deste modo constatamos que a relevância da EAD torna-se cada vez mais significativa, representada pela ascensão da oferta e aceitação da modalidade na região, levando novos grupos da população a formar-se ou atualizar-se profissionalmente devido às rápidas mudanças em todas as esferas do conhecimento, sobretudo, no contexto do sistema educacional. Além disso, notamos ainda que a grande maioria dos alunos valorizam os conhecimentos aprendidos durante as aulas e salientam a importância da formação profissional que estão tendo através do Profuncionário na modalidade EAD, apresentando um panorama positivo em relação aos cursos oferecidos.

Palavras-chave: Educação Profissional, Educação à Distância, Profuncionário.

Resumo: O presente trabalho é resultado de uma revisão bibliográfica sobre a questão da agressividade em crianças de 04 e 05 anos que fazem parte da Educação. O motivo pelo qual se decidiu estudar de forma mais profícua esta temática se dá pela vivência profissional no âmbito da psicologia escolar que permitiu verificar que há muitos profissionais da Educação Infantil que, por variados motivos, se sentem angustiados e impotentes quando necessitam lidar com crianças que apresentam atitudes agressivas no espaço escolar. Assim, por meio desta revisão, buscou-se compreender onde se encontram as raízes da agressividade, bem como até onde se pode afirmar que ela é inerente à formação da personalidade humana. Também para uma melhor compreensão deste fenômeno foi oportuno pesquisar como ocorre o desenvolvimento infantil, à luz da teoria de Jean Piaget, bem estudar sobre o que preconiza a Lei de Diretrizes e Bases (LDB) para a educação infantil, já que estes conhecimentos são imprescindíveis para uma compreensão global da criança. Por fim, traz-se a empatia por parte do professor como forma de amenizar a agressividade.

Palavras-chave: agressividade, Personalidade em crianças da Educação Infantil, Desenvolvimento infantil.

Página 1 de 15