Reflexões Sobre a Atuação do Psicólogo Jurídico em Casos de Alienação Parental

Reflexões Sobre a Atuação do Psicólogo Jurídico em Casos de Alienação Parental
(Tempo de leitura: 25 - 50 minutos)

Resumo: Esse trabalho propõe realizar uma reflexão sobre a alienação parental, suas consequências psicológicas para crianças e adolescentes e, sobretudo, compreender quais as possibilidades de intervenção do psicólogo jurídico em casos que envolvem o tema. Buscou-se aprofundar conhecimentos da forma como a psicologia e o direito podem participar de decisões complexas que envolvem famílias que passam por essa situação. O método utilizado foi o teórico, que consiste na pesquisa de bibliografias em livros, artigos científicos, documentos eletrônicos e jurisprudências que discorreram sobre o assunto. Os resultados encontrados demonstram que a pesquisa poderá contribuir para o melhor entendimento do tema e sua relevância nas discussões de direito e psicologia na atualidade, além de contribuir para futuras investigações quanto a relevância do psicólogo jurídico, da importância da psicoterapia como instrumento de intervenção e observação do desenvolvimento do indivíduo na sua totalidade.

Palavras-chave: Alienação Parental, Síndrome de Alienação Parental, Psicologia Jurídica.

 

Informar um Erro Assinar o Psicologado