Autor

Desde a década de 40, epidemiologicamente tem sido constatado o aumento da incidência de patologias somáticas entre indivíduos que apresentam estados depressivos. O que aumentou a busca em compreender as relações entre as emoções e o sistema imunológico e detectar estruturas e mecanismos de natureza celular, fisiológica e anatômica qu...

Na Antiguidade o adoecer era considerado uma manifestação de forças sobrenaturais, sendo a cura buscada em rituais religiosos. As práticas terapêuticas e as concepções de vida, de saúde e de morte eram intimamente ligadas a essas crenças.

A palavra “somatoforme” é composta pelas raízes grega soma (“corpo físico”, “cadáver”) e latina – formis (“que toma a forma de”, “aparência de”). Seu significado literal é “aquilo que toma a forma corpórea” (Neto e Elkis, 2007).

O CID – 10 (Classificação Internacional das Doenças) e o DSM-IV apresentam algumas divergências quanto aos transtornos somatoformes e seus critérios diagnósticos.

O DSM-IV reconhece cinco transtornos somatoformes: transtorno de somatização, transtorno conversivo, hipocondria, transtorno dismórfico corporal e transtorno doloros...

A sexualidade infantil se diferencia da sexualidade do adulto em vários aspectos. A maior excitação não precisa necessariamente ser localizada nos genitais. Não levam necessariamente ao contato sexual, mas alongam-se em atividades que vêm a desempenhar papel futuramente no prazer. Pode ser auto-erótica. Excitação e satisfação não est...

A concepção psicanalítica da sexualidade embaralha as fronteiras entre o normal e o patológico, bem como prescinde da categoria de instinto sexual. Em Psicanálise a sexualidade está divorciada da sua ligação por demais estreita com os órgãos genitais, sendo considerada como uma função corpórea mais abrangente, tendo o prazer como a ...

A metapsicologia freudiana traz os princípios, os modelos teóricos e os conceitos fundamentais da clínica psicanalítica. É um método de abordagem de acordo com o qual todo processo mental é considerado em relação com três coordenadas: dinâmica, topográfica e econômica.

Os mecanismos de defesa do ego constituem operações de proteção postas em jogo pelo Ego ou pelo self (Si-mesmo) para assegurar sua própria segurança. Os mecanismos de defesa não representam apenas o conflito e a patologia, eles são também uma forma de adaptação. O que torna essas defesas

O inconsciente abrange tanto atos que são meramente latentes, temporariamente inconscientes, mas que em nenhum outro aspecto diferem dos atos conscientes; e por outro lado abrange processos tais como os recalcados, que caso se tornassem conscientes, estariam propensos a sobressair num contraste mais grosseiro com o restante dos processos consci...