Redação de Documentos Psicológicos na Prática Profissional do Psicólogo

Redação de Documentos Psicológicos na Prática Profissional do Psicólogo
4 1 1 1 1 1 Avaliações 4.00 (1 Avaliação)
(Tempo de leitura: 9 - 17 minutos)

Resumo: O psicólogo, em sua prática profissional, pode ser solicitado a elaborar documentos decorrentes de avaliação psicológica ou não. O Conselho Federal de Psicologia (CFP), através da Resolução Nº 007∕2013, dispõe sobre o Manual de Elaboração de Documentos Escritos produzidos por esses profissionais. O seguinte artigo tem como finalidade propor uma explicação sobre os documentos psicológicos, destacar os princípios norteadores, as modalidades de documentos, bem como finalidade e estrutura. Para tanto, a metodologia utilizada foi a pesquisa bibliográfica, sendo o recorte desse trabalho artigos, livros, resoluções do CFP e publicações científicas sobre esse tema no Brasil, com o intuito de analisar e estabelecer distinções acerca dessas confecções de cunho psicológico. Numa visão global dos estudos, os resultados sinalizam que há um grande aporte teórico, bem como um constante avanço sobre o tema. É possível concluir que ainda há necessidade de reforçar o cuidado e atenção na elaboração e redação de tais escritos com fins de melhorar a qualidade e aceitação para a ciência psicológica.

Palavras-chave: Documentos Psicológicos, Resolução 007/2003, Prática Profissional do Psicólogo.

 

Informar um Erro Assinar o Psicologado