Pensamento, Linguagem e Comunicação: a Interface Entre Estes Processos Mentais e a Prática em Psicologia

Pensamento, Linguagem e Comunicação: a Interface Entre Estes Processos Mentais e a Prática em Psicologia
(Tempo de leitura: 15 - 29 minutos)

Resumo: Funções Psicológicas Superiores foi o que Vygotsky descreveu ao tratar da Linguagem e do Pensamento. Para este autor o que diferencia o ser humano dos animais não humanos era o uso destes Processos Psicológicos Básicos. A Linguagem só se manifesta através do contexto Histórico Cultural, seria um meio de mediação social com o Pensamento, precedendo o Pensamento. A Linguística tem uma relação com estes processos, descrevendo aspectos a serem considerados na área da Psicologia. No presente trabalho descrevemos o ponto de vista de três teóricos do campo Linguístico: Saussure, Bakhtin e Chomsky. Ao profissional da Psicologia ressaltamos, em último momento, a importância em compreender os Processos Psicológicos da Comunicação, Linguagem e do Pensamento. Os avanços da Neurociência possibilitaram uma melhor compreensão para pensar com mais propriedade sobre os aspectos dos Processos Psicológicos. O presente trabalho apresenta uma pesquisa bibliográfica acerca dos processos Psicológicos da Linguagem, Comunicação e do Pensamento. Assim, a simples observação no campo Psicológico requer que o profissional saiba como se articula os Processos Psicológicos, na elaboração de um documento que compete ao Psicólogo, estes exigem uma boa adequação da Linguagem, boa Comunicação, Pensamento estruturado e, para isto, terá o profissional de fazer um bom planejamento no momento da sua atuação.

Palavras-chave: Linguagem, Comunicação, Pensamento, Processos Psicológicos.

 

Informar um Erro Publique Seu Artigo