Esquizofrenia Paranóide

Esquizofrenia Paranóide
5           Avaliação 5.00 (1 Avaliação)
(Tempo de leitura: 1 - 2 minutos)

A esquizofrenia paranoide caracteriza-se pela preocupação com um ou mais delírios ou alucinações auditivas frequentes, classicamente delírios de perseguição ou grandeza.

Os primeiros episódios do tipo paranoide tendem a aparecer nos pacientes em idade mais avançada do que nos nos tipos catatônico ou desorganizado de esquizofrenia. 

Quando a esquizofrenia acomete o paciente já em uma fase avançada da vida, este já pode estabelecer laços afetivos e relações que irão ajudá-lo a enfrentar a doença. Seus recursos de ego tendem a ser maiores do que os de pacientes com esquizofrenia catatônica ou desorganizada, demonstrando ainda menor regressão de suas faculdades mentais, respostas emocionais e comportamento do que outros tipos de esquizofrenia.

Pessoas acometidas por esquizofrenia paranoide tendem a ser tensos, desconfiados, resguardados, reservados e às vezes hostis ou agressivos, mas também capazes de se comportar adequadamente em algumas situações sociais. Sua inteligência nas áreas que não são invadidas pela psicose tende a permanecer intacta.

Este tipo de esquizofrenia é marcada pela presença de delírios ou alucinações auditivas proeminentes, ao passo em que ocorre uma relativa preservação do funcionamento cognitivo e afetivo.

Os delírios são tipicamente persecutórios ou de grandeza e podem ser múltiplos, mas geralmente são organizados em torno de um tema coerente.

Os critérios diagnósticos para a esquizofrenia paranoide são:

  • preocupação com um ou mais delírios ou alucinações auditivas frequentes;
  • nenhum dos seguintes sintomas é proeminente: discurso desorganizado, comportamento desorganizado ou catatônico, ou afeto embotado ou inadequado.

No DSM-5 a Associação Americana de Psiquiatria (APA) abandonou a divisão da esquizofrenia em subtipos, posto que esta tipologia apresentava pouca validade e não refletiam diferenças significativas quanto ao curso e desenvolvimento da doença ou resposta ao tratamento.

Informar um Erro Publique Seu Artigo