(Tempo de leitura: 1 minuto)

O tipo paranóide caracteriza-se pela preocupação com um ou mais delírios ou alucinações auditivas freqüentes, classicamente delírios de perseguição ou grandeza.

Os primeiros episódios do tipo paranóide tendem a aparecer nos pacientes em idade mais avançada do que do que nos tipos catatônico ou desorganizado. 

(Tempo de leitura: 1 minuto)

O tipo desorganizado, antigamente conhecido como esquizofrenia hebefrênica,  caracteriza-se por uma acentuada regressão a um comportamento mais primitivo, desinibido e desorganizado, não apresentando sintomas que satisfaçam os critérios para o tipo catatônico.

(Tempo de leitura: 1 minuto)

O tipo indiferenciado é uma subdivisão no DSM-IV-TR criada para enquadrar os pacientes claramente esquizofrênicos, mas que não preenchem os critérios para ser enquadrado em nenhum dos subtipos.

O tipo residual caracteriza-se por evidências contínuas de transtorno esquizofrênico na ausência de um conjunto completo de sintomas ativos ou de sintomas suficientes ara satisfazer o diagnóstico de ouro tipo de esquizofrenia.

(Tempo de leitura: 2 - 4 minutos)

O DSM-IV exige para o diagnostico sofrimento pessoal e comprometimento funcional para diferenciar o transtorno obsessivo-compulsivo de pensamentos ou hábitos comuns ou levemente excessivos. Kaplan (2000) considera os principais transtornos neurológicos a serem considerados no diagnostico diferencial são transtorno de Tourette, outros transtornos de tiques, epilepsia do lobo temporal e, ocasionalmente, traumatismo e complicações pós-cefálicas.

(Tempo de leitura: 1 - 2 minutos)

De acordo com o CID-10 o transtorno ciclotímico é caracterizado pela instabilidade persistente do humor que comporta numerosos períodos de depressão ou de leve elação nenhum deles suficientemente grave ou prolongado para responder aos critérios de um transtorno afetivo bipolar ou de um transtorno depressivo recorrente. O transtorno se encontra freqüentemente em familiares de pacientes que apresentam um transtorno afetivo bipolar. Algumas pessoas ciclotímicas apresentarão elas próprias ulteriormente um transtorno afetivo bipolar.

(Tempo de leitura: 2 - 3 minutos)

Os transtornos depressivos tem como característica imprescindível, segundo os sistemas classificatórios DSM-IV e CID-10, humor deprimido e perda de interesse. O DSM adiciona agitação ou retardo psicomotor e o CID aponta como possíveis presentes auto-estima e auto-confiança reduzidas (KAY e TASMAN, 2002)

(Tempo de leitura: 2 - 4 minutos)

O DSM-IV no eixo I - sintomas, psicopatologias – faz a divisão da Histeria entre conversivas a dissociativas. No eixo II – caracterologia, transtornos de personalidade – a Histeria incluía denominações de: transtorno de personalidade histérica; personalidade infantil-dependente, personalidade fálico-narcisista, traços histéricos em outras personalidades, transtorno de personalidade histriônica.